Por que a cor da menstruação muda?

Postada em 17 de September de 2020.

Durante a menstruação, pelo menos uma vez na vida, a mulher pode perceber tonalidades diferentes na cor do seu sangue e pensar: “Será que tem algo de errado comigo?”. A cor da menstruação tem vários significados e muitas vezes isso não tem nada a ver com problemas ginecológicos, tá?!

Se uma das melhores maneiras de diagnosticar doenças ginecológicas é conhecendo o próprio corpo, para entender o que significa a cor da menstruação é preciso observar o seu fluxo. 

Anotar informações é importante e necessário tanto para conhecimento, quanto para prevenção. 

As cores traduzem a nossa saúde

Vamos explicar basicamente o que significa a cor da menstruação variar; porém, se ainda houver dúvidas ou se a cor do seu sangue não for citada aqui, procure um ginecologista – sim, existem cores que podem indicar algum problema ginecológico por isso, o diagnóstico é fundamental. 

  • Marrom – também conhecido como “borra de café”: caracteriza o início ou o fim da menstruação. Geralmente vem em pequena quantidade, é aquele sinalzinho para alertar que a menstruação está chegando ou indo embora; 
  • Vermelho escuro ou vivo: ambos são considerados normais. Na maioria dos casos, vêm nos primeiros dias da menstruação – caso a paciente faça uso de anticoncepcionais hormonais, a cor do sangue pode vir mais clara; 
  • Laranja, cinza e preto: não são consideradas normais. Neste caso, o recomendado é procurar um gineco para investigar essa alteração. 

Coágulos menstruais são normais, sim!

Dúvida muito comum entre as mulheres, o coágulo menstrual nada mais é do que a descamação do tecido endometrial. 

⠀Eles aparecem em dias mais intensos de menstruação. Os coágulos menstruais podem aparecer em pedaços – de diversos tamanhos e quantidades – com consistência gelatinosa. Por isso, não se assuste!