O que é considerado normal no ciclo menstrual?

Postada em 23 de fevereiro de 2021.

Desordens no ciclo menstrual são comuns e ocorrem, pelo menos, alguma vez na vida da mulher: alterações no volume do sangramento, na regularidade, no número de dias – e isso chega a mexer com o emocional da mulher. Contudo, será que as mulheres sabem o que é considerado normal no ciclo menstrual?

A Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO) fez, em 2018, sua última atualização sobre o que é considerado normal no ciclo menstrual. Nesta classificação, eles estabeleceram algumas regras que ditam a tal normalidade e o que seria considerado anormal e, com isso, a possibilidade de doença associada. Busque sempre por informações corretas!

Contraceptivo hormonal x normalidade no ciclo menstrual

Primeiramente, para falar em “normalidade”, a mulher não deve estar usando nenhum tipo de contraceptivo hormonal. Isto porque os anticoncepcionais hormonais (pílulas, injeção, anel, adesivos, etc.) mascaram o fluxo menstrual. De certa forma, eles causam um “bloqueio” na sua função ovariana – fazendo com que seus ovários adormeçam e provoquem sangramentos uterinos de maneira não natural. 

Sendo assim, é errado chamarmos de menstruação o sangramento provocado pelos contraceptivos hormonais. Mulheres que usam esse tipo de anticoncepcional, na verdade, têm um sangramento artificial – é uma privação hormonal devido à pausa do contraceptivo. 

“Doutores, até quantos dias posso sangrar?”

O que pouca gente sabe é que sangrar até oito dias é normal! Chamamos apenas de sangramento prolongado quando a menstruação passa do oitavo dia, independente do volume do sangramento. Essa duração é considerada tranquila em termos de patologia uterina; ou seja, se você sempre sangrou por 5-8 dias, pode ficar tranquila que está tudo bem.

Vamos falar sobre ciclo menstrual regular

A definição de um ciclo menstrual regular é aquele em que o intervalo entre as menstruações não varia muito de um ciclo para o outro (considere o intervalo entre o primeiro dia de cada menstruação).

Esta definição é muito abrangente e, portanto, você pode muito bem encaixar-se nela. Percebe que esta definição vai muito além daquela outra popular definição de que “um ciclo regular é aquele vem sempre no mesmo dia do mês”? Isso é raridade! Um ciclo menstrual, conforme a nova revisão da FIGO, pode durar entre 24 a 38 dias. 

Alguns exemplos: uma menina que sangra a cada 35-38 dias – é normal, ou seja, sua menstruação pode “pular” o mês. Uma mulher que menstrua a cada 25 dias também é normal (e sim, é possível ter dois fluxos menstruais no mesmo mês). 

É comum variar alguns dias entre um ciclo e outro, pois nosso corpo não é um reloginho. Se a menstruação vier uns dias antes ou poucos depois, é normal, pois a duração de um ciclo varia em média quatro dias para mais ou menos. Mesmo que seu sangramento antecipe ou atrase poucos dias, você pode ditar que o seu ritmo é regular.

Autoconhecimento é a chave para diagnosticar doenças

Mais importante que contabilizar os dias da menstruação, é perceber as mudanças bruscas em seu corpo. Doenças geralmente mostram sinais mais grosseiros na alteração de ciclo menstrual. A regra é conhecer-se melhor e sempre questionar padrões culturalmente aceitos como normal – em muitos casos, eles não são a verdade. 
Procure sempre o seu médico para tirar as dúvidas sobre seu ciclo menstrual – mulheres, estamos à disposição para ouvir e orientar vocês: WhatsApp (65) 9957-4455.

ginecologista e obstetra
Dr. Antônio de Morais, ginecologista, obstetra e especialista em Oncologia Ginecológica, e Dra. Beatriz Patz de Morais, especialista em Medicina Fetal e Obstetrícia de Alto Risco